Como funciona a integração do Agilean com o Sienge

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O que você faria se fosse capaz de unir duas das ferramentas mais poderosas do mercado da construção civil a favor da sua construtora ou incorporadora? Isso é possível com a integração entre Sienge e Agilean.

O Sienge, que está presente na gestão de mais de 4.500 empresas da construção em todo o país, é uma plataforma integrada de gestão. Já o Agilean, a plataforma mais inovadora e premiada do Brasil, é um sistema pioneiro na aplicação do Lean Construction desde o planejamento de obra, passando pela produção e indo até a gestão do recebimento das atividades no canteiro.

Já imaginou o que é possível fazer ao unir as duas soluções? É isso que eu vou mostrar para você a partir de agora. Mas, primeiro, é importante que você entenda como o movimento de plataformas digitais causa impacto no setor construtivo do Brasil e o que isso significa para a sua construtora ou incorporadora.

Entenda a importância da plataforma integrada para a construção civil

A transformação digital dos canteiros de obras traz dados muito mais precisos e inteligentes, pelo simples fato de que há uma eliminação de processos manuais envolvidos na gestão da obra.

E a troca de dados entre um sistema e outro, como é o caso do Sienge e do Agilean, que unificam o planejamento e gestão da obra com a gestão do negócio como um todo, torna os empreendimentos muito mais eficazes.

Como resultado disso, é impossível ignorar o papel de plataformas digitais como o Sienge na construção civil. Eles fornecem um ecossistema completo de soluções que oferecem tudo o que uma construtora ou incorporadora precisa para tomar decisões assertivas.

Portanto, podemos dizer que a integração de ferramentas de ponta, por meio de APIs (Applications Programming Interface), é o presente e o futuro da construção civil.

Como funciona a integração entre Agilean e Sienge

A integração entre o Agilean e o Sienge é muito direta e simples, mas traz uma visão muito avançada de planejamento e gestão de obra, que você não teria sem essa união.

O primeiro passo é melhorar o planejamento de obra com a ferramenta da linha de balanço e a metodologia Lean dentro do Agilean. A ferramenta também é otimizada por algoritmos de inteligência artificial que buscam ganhar produtividade desde o início do planejamento.

Dentro do Agilean, você encontra um campo específico para configurar a conexão com o ERP, onde pode configurar sua obra no Sienge e fazer um sistema se comunicar com o outro em tempo real. Tudo o que você vai precisar para fazer essa configuração é o ID da obra no Sienge e senha da API.

Aliás, é importante destacar isso:

A conexão entre Agilean e Sienge é toda feita por API, de forma automática e segura, sem que você precise importar e exportar planilhas o tempo todo.

E isso é positivo por três motivos:

  1. É muito mais rápido.
  2. Reduz as tarefas repetitivas e dá tempo a você para se concentrar no que é mais importante.
  3. É mais seguro, já que reduz as chances de erro nos relatórios.

Essa integração exige apenas um pacote de APIs contratado no Sienge, bem como um espaço na nuvem, que você consegue por meio do Sienge Plataforma.

Os principais benefícios da integração entre Agilean e Sienge

O Agilean, por si só, tem entregue resultados expressivos para os clientes, como redução de até 60% no planejamento de obra, ganho de 20% na produtividade e redução de custos na ordem de até 5%.

Mas com a integração ao Sienge, o poder do Agilean fica ainda maior, e isso fica evidente por dois elementos: a integração com um clique e os relatórios unificados com informações da produção alimentando os resultados do negócio.

Integração total com um clique

Apenas com o clique de um botão você consegue exportar o planejamento de obra feito no Agilean, que já é feito em poucos minutos, direto para o Sienge. A partir disso, você vai compatibilizar a EAP de planejamento criada no Agilean com a EAP de orçamento criada no Sienge.

Esse processo de compatibilização, que é feito apenas uma vez, é muito importante porque nem sempre o planejamento e o orçamento estão em total sintonia. Assim, você já evita problemas desde o início ao alinhar o que foi planejado nos dois sistemas.

Por exemplo, vamos pensar numa atividade comum em qualquer obra, o contrapiso. Para compatibilizar a EAP do planejamento com o orçamento, você faria o seguinte:

  1. Achar a atividade do contrapiso no planejamento do Agilean.
  2. Na tela de integração entre Agilean e Sienge, buscar a tarefa contrapiso no seu orçamento;
  3. Daí em diante, você definirá como a atividade contrapiso do orçamento irá ter seus custos alocados na atividade de contrapiso do planejamento;

Assim, você tem total controle para fazer a alocação mais precisa possível em cada atividade, já que um único serviço do orçamento pode ser alocado em várias atividades do planejamento. Esse movimento também é feito uma única vez.

A partir daí, todos os custos do Sienge são incorporados pelo Agilean, e todas as curvas de desembolso e agregação de valor do Agilean são ligadas ao sistema de gestão. 

Então, com base nos apontamentos automáticos feitos no canteiro, você tem informações saindo diretamente do campo para alimentar o sistema de gestão. Isso tudo sem contar os dashboards do Agilean, que mostram os custos, qualidade, prazo e produtividade.

Relatórios do Sienge integrados ao Agilean

Por meio dos relatórios Sienge integrados ao Agilean, você consegue fazer as informações do campo operacional passar pelo campo tático e chegar até o estratégico em um único clique.

Agilean e Sienge

A grande vantagem disso é não precisar de um processo complexo que envolve preencher e importar planilhas o tempo todo, com grandes chances de erro. Então, aqui estão alguns dos principais relatórios e o que eles podem fazer por você:

Planejado engenharia vs. realizado

Este relatório, que fica no módulo de suporte à decisão, compara o planejamento de gastos com o que foi gasto efetivamente mês a mês na obra. Esse planejamento de gastos vem do Agilean, e é essencial para montar uma estratégia financeira segura e viável para o empreendimento.

Custo por nível

O custo por nível apresenta, a cada segundo, um comparativo linha a linha entre os valores medidos e realizados em cada obra, e as distorções e o saldo de cada item. Assim, ao saber os desvios da obra é mais fácil atacar os gaps de gestão da obra de forma rápida e direta.

Insumos Orçados vs. Executados vs. Apropriados

Este relatório enxerga insumo por insumo em detalhes e mostra as quantidades planejadas, executadas e apropriadas de cada item, além de apontar distorções na obra. Isso permite antecipar tendências de estouros dentro da obra e tomar decisões muito mais assertivas relacionadas aos insumos.

Conclusão

Contudo, para tirar todo o potencial dessa tecnologia disponível, é muito importante que tenhamos domínio sobre metodologia de gestão. Nesse caso, a metodologia que utilizamos no Agilean é o Lean Construction. Mas caso você não esteja familiarizado com ela, não se preocupe.

Nós criamos uma mentoria online e gratuita com toda a base que você precisa. Você vai sair da mentoria dominando os conceitos do Lean aplicados ao planejamento de obras, com um passo a passo em mãos e com uma ferramenta grátis para aplicar tudo e planejar sua obra em poucos minutos.

Para reservar sua vaga, basta acessar o link e se cadastrar!

Agora, se você já entende melhor os conceitos do Lean e precisa apenas da ferramenta para iniciar sua implantação da metodologia, você pode ganhar tempo e baixar agora mesmo o Agilean Starter, nossa versão gratuita do Agilean!